Google+ Badge

Google+ Followers

Se você procura um serviço de tradução português-espanhol profissional e de máxima qualidade, podemos ajudar-lhe...

sábado, 1 de maio de 2010

Uma história Zen



LA FELICIDAD


UN hombre vino a ver a un monje Zen y le preguntó “¿Por qué usted está siempre tan extasiado? ¿Porque yo no estoy tan extasiado?
El maestro dijo: “Espere. Cuando todos hayan salido, yo allí responderé su pregunta.
El hombre esperó y esperó, porque las personas estaban yendo y viniendo, y no había un único momento que ellos quedaran a solas. Él estaba cansado y muchas veces pensó en irse, porque… “¿Cuándo será que esto va a parar? Las personas todavía están viniendo.”
Pero a la tardecita, cuando el sol se estaba poniendo, todos estaban saliendo y él quedó solito con el maestro. Él recordó: “Ahora, por favor, cuénteme”
El maestre dijo: “Mire para afuera de la ventana. ¿Usted ve ese gran árbol?”
Él respondió: “Si, yo lo veo”
Y él maestro dijo: “¿Usted ve aquel pequeño arbusto al lado?”
Él dijo: “Si, lo veo también.”
El maestro dijo: “Yo nunca oí al arbusto decir al gran árbol: “¿Por qué usted es tan grande y yo soy tan pequeño?”Es por esto que ambos son felices. El árbol es grande y el arbusto es pequeño, ¿y qué? Ambos son únicos. Ellos no se comparan – y ellos están uno al lado del otro. Y durante quince años yo vengo intentando descubrir porque ellos no se comparan. Ellos están perfectamente felices, ambos son felices.
“Usted está infeliz porque usted se está comparando, usted está viviendo en la comparación. Yo estoy feliz porque yo abandoné toda comparación, yo simplemente me acepté como yo soy.
“Ese es mi simple secreto.”


A FELICIDADE

Um homem veio a um monge Zen e perguntou “ Porque você está sempre tão extasiado? Porque eu não estou tão extasiado?
O mestre disse: “Espere. Quando todos tivessem saído, eu aí responderei a sua pergunta.
O homem esperou e esperou, porque as pessoas estavam indo e vindo, e não havia um único momento que eles ficarem a sós. Ele estava ficando cansado e muitas vezes ele pensou em sair, porque “Quando será que essa coisa vai parar? As pessoas ainda estão vindo.”
Mas a tardinha, quando o sol estava pondo, todos estavam indo embora e ele ficou sozinho com o mestre. Ele lembrou: “ Agora, por favor, conte-me”
O mestre disse: “Olhe para fora da janela. Você vê essa grande árvore?”
Ele disse: “Sim, eu a vejo”
E o mestre disse: “ Você vê aquele pequeno arbusto ao lado?”
Ele disse: “Sim, eu o vejo também.”
O mestre disse: “Eu nunca ouvi o arbusto dizer à grande arvore: “Porque você é tão grande e eu sou tão pequeno?”É por isto que ambos são felizes. A árvore é grande e o arbusto é pequeno, mas e daí? Ambos são únicos. Eles não se comparam – e eles estão um ao lado do outro. E durante quinze anos eu venho tentando descobrir porque eles não se comparam. Eles estão perfeitamente felizes, ambos são felizes.
“Você está infeliz porque você se está comparando, você está vivendo em comparação. Eu estou feliz porque eu abandonei toda comparação, eu simplesmente me aceitei como eu sou.
“Esse é meu simples segredo.”
Se procura um serviço de máxima qualidade e profissionalidade, podemos ajudar-lhe