Google+ Badge

Google+ Followers

Se você procura um serviço de tradução português-espanhol profissional e de máxima qualidade, podemos ajudar-lhe...

sexta-feira, 9 de abril de 2010

RELOJ DE FAMILIA


Salim




Deitado em seu leito de morte, Salim chama o seu filho mais velho,
tira um antigo relogio do bolso com dificuldade e diz:
- Filha... Esta vendo esta relogio aqui?
- Sim, babai... - responde o filho, com lagrimas nos olhos.
- Ele era da meu bisavô, continuou o pai, depois ela foi bassado para
minha avô... depois para minha babai... depois para mim... e agora
chegou seu vez...

Quer comprar ???

Reloj de Familia.

Postrado en su Lecho de muerte, Samuel llama a su hijo mayor.
Saca un antiguo reloj de su bolsillo con mucha dificultad y dice:
Hijo... ¿estás viendo este antiguo reloj aquí?...
Si papá...- responde el hijo, con lágrimas en los ojos...
El fue de mi bisabuelo, continuó Samuel, después pasó para mi abuelo… luego para mi padre… después para mí… y ahora llegó tu turno…

¿LO QUERÉS COMPRAR?

AS SETE MARAVILHAS DO MUNDO








Un grupo de estudiantes estudiaba las siete maravillas del mundo. Al final del aula, les fue pedido que hiciesen una lista de lo que consideraban las siete maravillas. No obstante existiese algún desacuerdo, prevalecieron los votos:
1) El Taj Mahal
2) La Muralla China
3) El Canal de Panamá
4) Las Pirámides de Egipto
5) El Gran Cañón del Colorado
6) El Empire State Building
7) La Basílica de San Pedro
Al recoger los votos, el profesor notó una estudiante muy quieta. La joven aún no había dado vuelta su hoja. El profesor, entonces, preguntó a ella si tenía problemas con su lista.
Medio avergonzada, la joven respondió: — Sí, un poco. Yo no consigo hacer la lista, porque son muchas las maravillas.
El profesor dijo entonces: — Bueno, dinos lo que tú ya has escrito y tal vez nosotros podamos ayudarte.
La muchacha hesitó un poco, y entonces leyó: — Yo pienso que las siete maravillas del mundo son:
1 — VER
2 — OÍR
3 — TOCAR
4 — PROBAR
5 — SENTIR
6 — PENSAR
7 — COMPRENDER


Português

AS SETE MARAVILHAS DO MUNDO
Um grupo de estudantes estudava as sete maravilhas do mundo. No final da aula, lhes foi pedido que fizessem uma lista do que consideravam as sete maravilhas. Embora houvesse algum desacordo, prevaleceram os votos:
1) O Taj Mahal
2) A Muralha da China
3) O Canal do Panamá
4) As Pirâmides do Egito
5) O Grand Canyon
6) O Empire State Building
7) A Basílica de São Pedro
Ao recolher os votos, o professor notou uma estudante muito quieta. A menina ainda não tinha virado sua folha. O professor, então, perguntou a ela se tinha problemas com sua lista.

Meio encabulada, a menina respondeu: — Sim, um pouco. Eu não consigo fazer a lista, porque são muitas as maravilhas.
O professor disse: — Bem, diga-nos o que você já tem e talvez nós possamos ajudá-la.
A menina hesitou um pouco, então leu: — Eu penso que as sete maravilhas do mundo sejam:
1 — VER
2 — OUVIR
3 — TOCAR
4 — PROVAR
5 — SENTIR
6 — PENSAR
7 — COMPREENDER

Sem Problema





Um praticante Zen foi à Bankei e fez-lhe esta pergunta, aflito:
"Mestre, Eu tenho um temperamento irascível. Sou às vezes muito agitado e agressivo e acabo criando discussões e ofendendo outras pessoas. Como posso curar isso?"
"Tu possuis algo muito estranho," replicou Bankei. "Deixe ver como é esse comportamento."
"Bem... eu não posso mostrá-lo exatamente agora, mestre," disse o outro, um pouco confuso.
"E quando tu a mostrarás para mim?" perguntou Bankei.
"Não sei... é que isso sempre surge de forma inesperada," replicou o estudante.
"Então," concluiu Bankei, "essa coisa não faz parte de tua natureza verdadeira. Se assim fosse, tu poderias mostrá-la sempre que desejasse. Quando tu nasceste não a tinhas, e teus pais não a passaram para ti. Portanto, saibas que ele não existe."

Versão espanhol.

Un practicante Zen fue a ver a Bankei, preocupado, y le hizo esta pregunta:
"Maestro, Yo tengo un temperamento irascible. Soy muchas veces muy agitado y agresivo y acabo creando discusiones y ofendiendo a otras personas. ¿Cómo puedo curar esto?"
"Tu posees algo muy extraño," replicó Bankei. "Déjame ver como es ese comportamiento."
"Bueno... yo no puedo mostrarlo exactamente ahora, maestro," dice el otro, un poco confuso.
"¿Y cuando tu lo mostrarás para mí?" preguntó Bankei.
"No se... es que eso siempre surge de forma inesperada," replicó el estudiante.
"Entonces," concluyó Bankei, "esa cosa no forma parte de tu naturaleza verdadera. Si así fuese, tú podrías mostrarla siempre que lo desees. Cuando tú naciste no la tenias, y tus padres no la pasaron para ti. Por lo tanto, debes saber que ella no existe."
Se procura um serviço de máxima qualidade e profissionalidade, podemos ajudar-lhe